Bruno Covas é reeleito prefeito de São Paulo

Covas foi eleito com 59,38% dos votos válidos no segundo turno das eleições municipais

Bruno Covas foi reeleito neste domingo, 29, prefeito de São Paulo com 59,38% dos votos válidos. Na festa da vitória, entre as autoridades presentes estavam o presidente do Diretório Municipal, Fernando Alfredo, o presidente do Diretório Estadual, Marco Vinholi, o presidente do Diretório Nacional, Bruno Araújo, o governador de São Paulo, João Dória e o vice-prefeito eleito, Ricardo Nunes.

“São Paulo você pode contar comigo. Quero agradecer a confiança, agradecer a todos aqueles que confiaram na nossa proposta. Agora o desafio é de transformar a esperança em realidade, o trabalho começa amanhã. São Paulo falou, São Paulo não quer divisores, São Paulo não quer o confronto. Meu avô dizia que é possível conciliar politica e ética, politica e honra, politica e mudança. Eu agora acrescento que é possível fazer política sem ódio, é possível fazer política falando a verdade. Fizemos uma campanha limpa, falando da cidade de São Paulo, respeitando o eleitor. Eu sou filho e fruto da democracia e por isso respeito a decisão popular, respeito as instituições, respeito a diversidade que é a cidade de São Paulo. Essa imensidão de vários povos, vários credos, várias cores. Gente do Brasil inteiro constroem e fazem a cidade de São Paulo. As urnas falaram e agora começa o grande desafio de enfrentar essa crise que São Paulo, o Brasil e mundo precisam encarar”, disse Covas em seu discurso.

Covas enfatizou que a eleição termina hoje e que vai governar para todos. “Não há espaço para divisões, São Paulo é para todos. Vamos transformar nossas diferenças em consensos. A partir de amanhã não existem distrito azul e distrito vermelho, existe a cidade de São Paulo.”

O prefeito reeleito disse também que “restam poucos dias para o negacionismo e para o obscurantismo”. “São Paulo disse sim à democracia, à ciência, à moderação, ao equilíbrio. É o momento de união, diálogo, de trabalharmos juntos a favor da cidade de São Paulo. O rumo está dado: combater as desigualdades, o coronavírus. Temos que investir em saúde e educação e fazer da nossa gestão um mantra na busca de emprego, emprego, emprego e oportunidades.”

Entre as principais propostas do prefeito estão zerar a fila de creches, criar novas unidades de saúde (UPAs e UBSs), criar o maior programa de moradias populares na cidade, criar um sistema de transporte público por barcos e avançar no plano de privatizações.

Sobre Bruno Covas

Bruno Covas é advogado, se formou em Direito pela Universidade de São Paulo (USP) e também em Economia na Pontifícia Universidade Católica (PUC). Na política, foi deputado estadual e atuou como secretário estadual de Meio Ambiente durante a gestão de Geraldo Alckmin no governo do estado de São Paulo, entre 2011 e 2014.

Foi eleito deputado federal em 2014, deixando o cargo em 2017, quando aceitou concorrer com João Doria à Prefeitura de São Paulo. Ele assumiu a prefeitura em 2018, quando Doria saiu para disputar o governo de São Paulo.

Notícia publicada em: 29 de novembro de 2020

Notícias, Sem categoria

]