Bolsa Primeira Infância favorece políticas de acesso às creches

Programa alcança crianças que não foram contempladas por outras medidas

Famílias de baixa renda sem vagas em creches receberão auxílio mensal da Prefeitura (Crédito: Divulgação Prefeitura)

Famílias de baixa renda sem vagas em creches receberão auxílio mensal da Prefeitura (Crédito: Divulgação Prefeitura)

O Bolsa Primeira Infância é uma alternativa da gestão Covas para contemplar as crianças de 0 a 3 anos que aguardam vagas em creches e não foram selecionadas para creches municipais ou para vagas em instituições filantrópicas, como no Programa Mais Creche.

Para dar continuidade ao trabalho de diminuir as longas filas de espera por creches na cidade de São Paulo, as famílias em situação de vulnerabilidade financeira que ainda aguardam por vagas na Rede Municipal de Ensino, mesmo depois da implementação do Programa Mais Creche, receberão auxílio mensal da prefeitura.

O benefício de R$ 200 será entregue às famílias que foram identificadas no CadÚnico como baixa renda e que possuem solicitação por vaga em creche ainda pendente. Para que o benefício seja recebido, a carteira de vacinação da criança deverá estar atualizada e o responsável deverá participar de atividades bimestrais de orientações da parentalidade. Com eventual disponibilização de vaga, o benefício será imediatamente suspenso.

#todacriançaimporta

Notícia publicada em: 18 de fevereiro de 2020

Assistência Social, Educação, Notícias

]