Covas anuncia novas medidas contra Coronavírus

Prefeito explicou novos decretos e reforçou pedido para população ficar em casa

Bruno Covas durante coletiva. (Créditos: Governo do Estado de São Paulo).

Bruno Covas durante coletiva. (Créditos: Governo do Estado de São Paulo).

O prefeito Bruno Covas anunciou nesta quinta-feira, 16, novos decretos para ajudar no combate ao novo Coronavírus na Capital. O anuncio foi feito durante coletiva com o governador, João Doria. O primeiro decreto é sobre o escalonamento dos horários de abertura dos serviços essenciais e das atividades comerciais que já estavam liberadas. Os estabelecimentos devem abrir até as 6h da manhã ou depois das 11h da manhã. O objetivo é diminuir a circulação de pessoas no transporte público nos horários de ida e de volta do trabalho. 

A Prefeitura e o Estado também vão decretar ponto facultativo na próxima segunda-feira, dia 20 de abril. Com o feriado prolongado a possibilidade de mais pessoas ficarem em casa é ampliada. “Isso é muito importante porque o vírus está se espalhando por todos os bairros e regiões já temos pessoas infectada e mortas pelo Coronavírus. Os nossos hospitais estão ficando lotados, apesar de todo esforço que a Prefeitura vem fazendo em criação de novas vagas e leitos de UTI. Se as pessoas não colaborarem não vamos dar conta”, afirmou o prefeito.

Já o terceiro decreto recomenda que todas as pessoas utilizem máscaras de proteção em seus deslocamentos. Podem ser utilizadas as de pano, compradas nas farmácias ou feitas em casa.. O objetivo é proteger, evitar que involuntariamente as pessoas assintomáticas, ou seja, que estão infectadas mas não apresentam sintomas, possam transmitir o vírus para outras.

Também foi  elaborado um decreto para aumentar a transparência do número de vagas disponíveis em UTI na cidade de São Paulo. A partir de agora, todos os hospitais, públicos, filantrópicos e privados serão obrigados a informar diariamente quantos leites de UTI possuem e quantos estão ocupados. “Nossa prioridade é a defesa da vida e da defesa da nossa população. Temos a obrigação moral de oferecer essa informação para que todos saibam da crise que estamos enfrentando”, explicou Covas. 

Para finalizar, o prefeito informou sobre a criação do Comitê Intersecretarial de Contingência Funerário. O objetivo é reunir os órgãos para que juntos tomem uma série de medidas para agilizar processos e organizar estruturas.

Notícia publicada em: 16 de abril de 2020

Notícias, Saúde

]