Covas anuncia novas medidas de combate ao coronavírus em SP

Concessionárias e escritórios poderão funcionar em horário reduzido e fora do horário de pico

O prefeito Bruno Covas anunciou nesta quinta-feira, 4, as novas medidas que serão tomadas pela Prefeitura de São Paulo para combater o novo coronavírus. Covas deve assinar hoje os protocolos permitindo a reabertura gradual de dois setores: as concessionárias de veículos e escritórios. A medida será publicada no Diário Oficial desta sexta-feira, 5, e já entra em vigor.

Os dois setores estão entre os cinco que podem reabrir já na fase 2  do Plano São Paulo, formulado pelo governo do estado.  Para que pudessem retomar o atendimento ao público, os setores tiveram que apresentar propostas rígidas e passar pela aprovação da vigilância sanitária. O atendimento ao público deve seguir algumas regras como funcionamento de quatro horas, com abertura e fechamento fora do horário de pico, espaçamento de 1,5 metro entre as pessoas, demarcações e barreiras físicas,  estímulo ao teletrabalho e home office, principalmente para mães com filhos pequenos  e grupos de risco devem evitar o trabalho presencial. As empresas terão também de fazer testes em funcionários que apresentem os sintomas da covid-19.

De acordo com o prefeito, já foram entregues 74 protocolos. Destes, 42 são de setores que se enquadram na fase dois do plano de reabertura gradual, na qual a cidade está classificada, e 32 de setores que se enquadram nas fases 3, 4 e 5.

Covas ainda reforçou que a capital tem 64% de ocupação de leitos de UTI e que já teve até o momento 4.480 óbitos por coronavírus. “É importante destacar que a pandemia continua na cidade de São Paulo. Estamos passando para a fase 2, mas isso não significa que devemos deixar de tomar todas as precauções”, afirmou.

 

Notícia publicada em: 4 de junho de 2020

Notícias, Saúde

]