Covas participa do primeiro debate entre os candidatos em SP

Prefeito enfatizou suas propostas para Saúde, Educação, Habitação, Assistência e revitalização do Centro

O prefeito de São Paulo e também candidato a reeleição, Bruno Covas participou do primeiro debate promovido na noite desta quinta-feita, 1, pela Rede Bandeirantes de Televisão. O prefeito apresentou propostas para áreas como Saúde, Educação, Habitação, Assistência e revitalização do Centro.

No início do debate, Covas foi questionado sobre a política para a região da Cracolândia. O prefeito destacou que é preciso criar modelos de atendimento aos dependentes de drogas, paralelamente a ações de reinserção dessas pessoas na sociedade, mas também investir na repressão ao crime organizado.

Perguntado pelo candidato Andrea Matarazzo sobre as obras do Anhangabaú, o prefeito reforçou a importância dessa iniciativa no processo de revitalização da região central de São Paulo. “O local será um grande espaço de eventos. Queremos transformá-lo em uma nova Avenida Paulista, ressaltou Covas.

Quando perguntou ao candidato Celso Russomano, Covas quis saber se ele manteria a estratégia de combater o novo coronavírus com base em orientações da Ciência e disse que São Paulo registra queda nas mortes pela doença. Em sua réplica, o prefeito agradeceu à população pela colaboração durante a pandemia e reafirmou que Educação e Saúde continuarão sendo prioridades.

Sobre a perspectiva de migração de estudantes da rede privada para a rede pública em consequência da crise, Covas disse que zeraram a fila de espera nas pré-escolas e que o governo municipal já tem autorização da Câmara para comprar vagas em escolas privadas, caso isso seja necessário.

Ainda sobre a temática da Educação, Bruno Covas enfatizou que foram enviados cartões de merenda para as crianças da rede municipal e que para o ano letivo de 2021 uma de suas prioridades é com o reforço escolar. Covas ainda falou sobre políticas de combate ao racismo. “Nomeei uma inspetora negra para comandar a GCM e dei o nome de personalidades negras nos CEUs recém-inaugurados. Esse é um tema sobre o qual tenho aprendido muito”.

Covas ainda teve oportunidade de falar sobre a gestão dos recursos públicos. “Nós pegamos uma gestão quebrada em São Paulo. Arrumamos a casa. Cortamos 30% dos cargos de confiança. Aprovamos a Reforma da Previdência municipal”.

Nas considerações finais, o prefeito de São Paulo agradeceu à Rede Bandeirantes e aos telespectadores pela oportunidade de apresentar suas propostas. “Eu vim morar em São Paulo aos 14 anos, me formei em Direito e Economia. Aprendi a gostar de política com meu avô Mário Covas. Já fizemos muita coisa e ainda temos muito a realizar nos próximos quatro anos”, afirmou.

Notícia publicada em: 2 de outubro de 2020

Assistência Social, Educação, Notícias, Saúde, Serviços

]