Laboratórios Públicos da prefeitura produzem máscaras de proteção facial

Equipamento da Secretaria Municipal de Inovação e Tecnologia adapta materiais e estrutura para colaborar no combate ao coronavírus

Unidade escolhida para o projeto foi a da Galeria Olido, no centro de São Paulo (Crédito: Prefeitura)

Com a situação do coronavírus se agravando, a rede de laboratórios públicos de fabricação digital da Secretaria Municipal de Inovação e Tecnologia da Prefeitura de São Paulo, fez adaptações a fim de produzir máscaras de proteção facial, indispensáveis no combate ao covid-19.

A unidade escolhida para o projeto foi a da Galeria Olido, no centro de São Paulo, que está fechada para o público, recebendo neste momento apenas técnicos especializados e equipe de limpeza. Na unidade foram concentradas 12 impressoras 3D e uma cortadora a laser, com capacidade de produção de mil máscaras entre 30 e 40 dias.

“A ideia é incentivar a busca por soluções inovadoras para o desafio que estamos enfrentando agora, dedicando equipamentos como impressoras 3D e cortadoras a laser para produção própria”, destaca o secretário municipal de Inovação e Tecnologia, Juan Quirós.

Notícia publicada em: 6 de abril de 2020

Notícias, Saúde

]