Prefeitura lança consulta pública para nova PPP da Iluminação

Edital prevê a divisão dos serviços em três lotes por um prazo de 20 anos

Marcos Penido, Secretário de Estado do Governo, no anúncio da PPP (Crédito: Divulgação Prefeitura)

Marcos Penido, Secretário de Estado do Governo, no anúncio da PPP (Crédito: Divulgação Prefeitura)

 

A Prefeitura de São Paulo lançou uma consulta pública para definir os termos da Parceria Público-Privada (PPP) da rede de iluminação pública da cidade. A proposta é uma PPP na modalidade de concessão administrativa para modernização, otimização, expansão, operação e manutenção de infraestrutura de rede de iluminação pública do município. A nova consulta pública foi construída conjuntamente pelas Secretarias do Governo e das Subprefeituras, além do Departamento de Iluminação Pública da Cidade de São Paulo (Ilume).

O edital prevê a divisão dos serviços em três lotes, divididos pelos territórios sob gestão das Subprefeituras. Vencerá a(s) empresa(s) e/ou consórcio(s) que apresentar(em) o menor valor de Contraprestação Mensal Máxima. O valor estimado do contrato do Lote 1 é R$ 1,622 bilhão; do Lote 2 é de R$ 1,723 bilhão e do Lote 3 é de R$ 1,764 bilhão, totalizando R$ 5,109 bilhões. Os parceiros privados serão responsáveis pela modernização de toda a iluminação de seus respectivos lotes. Também serão responsáveis pela ampliação de sua rede por um período de 20 anos. 

#GestãoResponsávelEInovadora #Ilume #PPP

Notícia publicada em: 10 de novembro de 2019

Economia, Notícias

]