Covas prorroga quarentena até 15 de junho, mas comércio pode reabrir antes

O prefeito Bruno Covas prorrogou a quarentena na cidade de São Paulo até 15 de junho, segundo decreto publicado hoje, 30, no Diário Oficial. Até lá, a prefeitura deve receber e avaliar pedidos de reabertura de atividades não essenciais, como shoppings, comércio, escritórios, imobiliárias e concessionárias. Com isso, permanece proibido o atendimento ao público em todos os estabelecimentos de atividades consideradas não essenciais.

Saiba mais aqui.

Notícia publicada em: 30 de maio de 2020

]