Devido ao Coronavírus, Câmara Municipal de SP pratica primeira votação a distância

Pacote de medidas fiscais apresentado pelo prefeito Bruno Covas é analisado em sessão virtual

Além de esvaziar o prédio da Câmara Municipal de São Paulo, a pandemia do coronavírus também fez com que a presidência da Casa buscasse alternativas para votar projetos de lei. A proposta da votação online foi aprovada nesta quarta-feira 25, por unanimidade.  A sessão fica aberta por 12 horas e o parlamentar pode votar a qualquer momento nesse intervalo de tempo.

Saiba mais aqui

Notícia publicada em: 30 de março de 2020

]