Prefeitura assina contrato para concessão da Zona Azul

Gestão estima ganho de até 2 bilhões de reais com administração da iniciativa privada

A prefeitura de São Paulo assinou a concessão do serviço de estacionamento rotativo em ruas da capital paulista, na última terça-feira, 19. A gestão estima que terá um ganho econômico de 2,01 bilhões de reais com a concessão. A empresa vencedora da licitação terá que modernizar o sistema e identificar irregularidades, além de criar um serviço que forneça informações para os paulistanos sobre as vagas disponíveis em tempo real.

Saiba mais aqui!

Notícia publicada em: 21 de maio de 2020

]