Secretários afirmam que drenagem funcionou após fortes chuvas

No início da noite, 70% dos piscinões tinham menos de um terço de sua capacidade ocupada por água

As gestões da capital paulista e do estado afirmam que os sistemas de drenagem funcionaram bem e que as cheias ocorreram em áreas localizadas próximas dos rios Pinheiros e Tietê. 

O secretário municipal de Infraestrutura e Obras de São Paulo, Vitor Aly, explicou o acontecimento e afirmou que os piscinões não extravasaram. . “A primeira chuva satura o solo. Quando veio a segunda chuva, o solo não tinha capacidade de absorção. A chuva foi para o sistema de drenagem, o que piorou a situação.”

Veja matéria completa aqui.

 

Notícia publicada em: 11 de fevereiro de 2020

]