Gestão Covas assegura habitação na capital

Ações do prefeito buscam minimizar a espera daqueles que necessitam de habitação na cidade de SP

 


O número de habitantes vem crescendo a cada ano no mundo inteiro e a moradia é direito universal de cada um. Garantir esse benefício é uma das prioridades da gestão Bruno Covas. Por isso a Prefeitura de São Paulo, por meio da Secretaria Municipal de Habitação, tem investido pesado em ações que visam minimizar a espera daqueles que precisam de habitação na cidade.

Com as ações do #bilhãodacasaprópria, a atual gestão vem proporcionando formas de minimizar a espera daqueles que necessitam de habitação na capital paulista. O Programa Pode Entrar, por exemplo, foi desenvolvido após o Governo Federal sinalizar o fim dos repasses do Minha Casa Minha Vida para famílias com renda de até R$1.800. Com o intuito de incentivar a produção de unidades habitacionais populares para famílias com renda bruta de até três salários e que não possuem acesso ao crédito imobiliário, o programa também  atende famílias que possuem renda bruta de até seis salários mínimos.

Para o Programa de Metas da Habitação, a atual gestão prevê a construção ou reforma de 25 mil unidades habitacionais por meio dos projetos Casa da Família e Locação Social. Do total, 24 mil casas serão disponibilizadas para compra e mil para locação. Desde 2017, mais de 7 mil unidades foram entregues e 73 empreendimentos estão em fase de obra – quando concluídos, disponibilizarão 15.319 moradias.

Notícia publicada em: 2 de junho de 2020

Habitação, Notícias

]