Novas tecnologias contribuíram para a segurança no carnaval

Foram utilizados pela GCM softwares de reconhecimento facial, câmeras corporais e outras tecnologias

Guarda Civil Metropolitana contou com câmeras corporais durante o carnaval (Crédito: Divulgação Prefeitura)

Guarda Civil Metropolitana contou com câmeras corporais durante o carnaval (Crédito: Divulgação Prefeitura)

A Secretaria Municipal de Segurança da cidade de São Paulo equipou a Guarda Civil Metropolitana com novas tecnologias durante as festas de carnaval. Utilizando as imagens capturadas pelas câmeras dos programas City Câmera e Dronepol, a segurança municipal utilizou tecnologia de reconhecimento facial.

O software busca combinações entre diversos bancos de dados, que incluem o do Instituto de Identificação, de procurados pela justiça, desaparecidos, entre outros. Em caso de combinação, o policiamento foi acionado para que a situação fosse abordada dentro da lei.

Além disso, outras tecnologias foram empregadas para auxílio da segurança pública, como sistemas de câmeras, para filmar ocorrências e abordagens; rádios mini LTE, para maior eficiência de comunicação entre equipes de segurança e câmeras corporais acopladas aos profissionais da GCM.

Notícia publicada em: 2 de março de 2020

Notícias, Segurança

]